TPM: o que é, quais os sintomas e como lidar com eles

A TPM, para as íntimas, é a famosa tensão pré-menstrual. Ou seja, um conjunto de sintomas psicológicos e físicos que aparecem nas garotas de 1 a 14 dias antes da menstruação.

“Todas as causas ainda não são completamente conhecidas, mas existe uma grande influência da queda dos hormônios do ciclo menstrual, causando alteração na produção dos neurotransmissores cerebrais – dentre eles a serotonina, que está relacionada ao humor e o bem-estar”, explica Thalita Domenich, ginecologista e consultora do Tarja Rosa

Toda menina tem?

Não, mas esses sintomas são bem comuns, em maior ou menor intensidade. Sabia que estudos mostram que cerca de 95% das mulheres em idade fértil apresenta pelo menos um sintoma durante a TPM?

Apesar de ser bem comum, ela não aparece necessariamente já na primeira menstruação. Thalita nos contou que a fase em que os sintomas estão mais evidentes é entre os 25 e 40 anos.

Quais são esses principais sintomas?

Existem cerca de 250 sintomas descritos na tensão pré-menstrual. “Dentre aqueles que são psíquicos, os mais comuns são ansiedade, alteração do sono, aumento do apetite, irritabilidade e instabilidade emocional”, diz Thalita.

Já entre os sintomas físicos, os mais comuns são a retenção hídrica, ou seja, inchaço, dores nas mamas, enxaqueca, aumento da secreção vaginal e até mesmo a acne.

E o que causa tudo isso? 

Muitos estudos médicos sugerem diferentes teorias para explicar a origem dessa tensão. Até o fator genético aparece como possível causa, ou seja, se a sua mãe tem, você pode ter também. Mas, falando especificamente da parte hormonal,  a alteração dos hormônios da menstruação acaba afetando o funcionamento dos neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer. O mais famoso dele é a serotonina, você já deve ter ouvido falar nela. É por isso que, muitas meninas têm aquela vontade louca de comer chocolate pode exemplo, para liberá-la e sentir aquela sensação gostosa de estar bem.

Quando devo procurar ajuda para amenizar os seus efeitos?

Se os sintomas te incomodarem a ponto de terem impacto na sua qualidade de vida por mais de três meses consecutivos, a TPM deve ser tratada.

“A mudança de estilo de vida, com prática regular de exercícios e dieta equilibrada, ajuda muito a amenizar os sintomas, bem como aumento da ingestão de água e reposição de algumas vitaminas. No entanto, os casos mais graves devem ser tratados por um ginecologista com medicações específicas”, esclarece a médica.

Acompanhe a gente 😉

Veja mais do Tarja 📷

Relacionados