“Tenho vontade, mas pouca lubrificação. Por quê?”

Você sente que está faltando lubrificação na hora do sexo? O Tarja Rosa te apresenta as possíveis causas e como lidar com elas

A falta de lubrificação vaginal causa estranhamento em muitas meninas e o assunto ainda é cercado por muitos tabus e mitos. Engana-se, por exemplo, quem imagina que suas causas são eternas ou restritas a origens unicamente físicas ou fisiológicas. Longe disso! Para acabar com as suas dúvidas sobre, conversamos com a ginecologista e consultora do Tarja Rosa, Dra. Thalita Domenich.

O que é a lubrificação vaginal?

A lubrificação vaginal nada mais é do que um fluido de cor transparente ou esbranquiçada e com textura aquosa ou viscosa. Essas características, além de depender de pessoa para pessoa, ainda podem sofrer alterações conforme o momento do ciclo menstrual e também da excitação sexual.

De acordo com a médica, o processo se dá pelas glândulas de Bartholin, glândulas de Skene e por uma transfusão de secreção pelas paredes vaginais. A sua falta pode causar dor durante a relação sexual – além de preocupação, é claro.

Muitas meninas e mulheres se perguntam se é possível sentir tesão e mesmo assim ter pouca lubrificação. Thalita explica que a situação é mais difícil de ocorrer, já que ela está diretamente relacionada à excitação. Os casos mais comuns de tesão sem lubrificação são com mulheres que estão no período pós-parto ou na menopausa.

Já entre os mitos e verdades que cercam o tema, estão os anticoncepcionais. A pílula pode ser responsável em diminuir a lubrificação? “O método pode provocar uma alteração, sim, já que bloqueia os hormônios do ciclo menstrual, mas não pode ser considerada a única responsável. A falta de excitação é, sem dúvida, a principal causa”, conta a especialista.

Como dica para a hora H, a médica aconselha boas preliminares e lubrificantes à base de água desde o início da relação. E, claro, sem deixar o preservativo de fora!

Acompanhe a gente ;)

Veja mais do Tarja ?

Relacionados