Síndrome da vagina infinita: entenda o que é isso!

A regra é clara: se entrou, vai sair! Muitas meninas sentem medo de perder o coletor menstrual, um absorvente interno ou até mesmo a camisinha dentro da vagina. Vem entender sobre a síndrome da vagina infinita!

“E se a camisinha se perder dentro de mim?”, “será que não tem perigo de eu não achar mais o coletor menstrual?” ou “E se eu não conseguir tirar o absorvente interno?”. Alguma dessas perguntas já passaram pela sua cabeça? Se sim, prazer, síndrome da vagina infinita! 

Esses medos são comuns entre muitas meninas (e é normal se questionar sobre todos eles), mas a sua vagina não é infinita! “Chamamos de síndrome da vagina infinita o medo que algumas pacientes têm de perder objetos dentro do canal vaginal”, conta a médica e consultora do Tarja Rosa, Thalita Domenich.

E isso é possível? “Não! A vagina um órgão tubular que varia entre 7 e 10 cm. Ela tem começo e tem fim”, esclarece a médica. Pode ficar tranquila que não é possível perder uma camisinha, absorvente interno ou um copinho ali dentro. Se entrou, vai sair! 

Para retirar o coletor menstrual, por exemplo, a dica é ficar tranquila. “Assim seus músculos vaginais também relaxam e a remoção fica mais fácil!”, diz Thalita. Você pode conferir também o guia que fizemos sobre o copinho neste outro post

Se o medo ainda persistir por aí, não deixe de marcar uma consulta com o seu ginecologista para as orientações específicas para você!

Acompanhe a gente ;)

Veja mais do Tarja ?

Relacionados