Secreção vaginal: o que você precisa saber sobre ela?

A secreção vaginal é um muco produzido pelas glândulas da vagina – natural e saudável!

A secreção vaginal pode ser vista como mais um dos tabus que cercam o corpo feminino. Para muitas pessoas, ela pode parecer estranha, mas é algo muito comum e, na maioria dos casos, natural e saudável. Para compreender melhor o assunto e diferenciar os momentos em que a secreção deve ou não ser uma preocupação, o Tarja Rosa conversou com a ginecologista Thalita Domenich. Então, vamos lá!

O que é a secreção vaginal? Todo mundo tem?

“A secreção vaginal é um muco produzido pelas glândulas da vagina com função de lubrificação. E sim, todas têm, pois a secreção é fisiológica”, esclarece a médica.

De onde vem a secreção vaginal?

Da parte interior da vagina. Isso porque essa área é coberta pelo que chamamos de membrana mucosa, um tipo de tecido naturalmente lubrificado. E são essas glândulas que produzem um muco claro – que se torna branco ou amarelado quando exposto ao ar.

Como posso saber se é uma secreção normal?

De acordo com Thalita, a secreção normal é incolor, podendo ficar amarela em contato com o ar, e sem cheiro. Uma secreção normal é clara e fluida. Algumas vezes, se a secreção permanece na calcinha durante o dia, ela é exposta ao ar, ela pode se tornar uma crosta, o que também é normal.

Quando devo me atentar à secreção vaginal?

Se houver mudança de cor e cheiro ou se a secreção causar coceira e irritação. Estas características podem ser um sinal de infecção, o que é um motivo para procurar um ginecologista!

Está achando a sua secreção diferente? A primeira atitude a ser tomada é procurar um médico. Converse com seu ginecologista! Por meio de exames ginecológicos, ele irá investigar e encontrar o diagnóstico correto. Se cuida!

Acompanhe a gente ;)

Veja mais do Tarja ?

Relacionados