Pouca lubrificação vaginal: o que pode ser?

A pouca lubrificação vaginal é mais comum do que parece e pode ser causada por uma série de motivos. Aqui, vamos te explicar o porquê ela aparece e como tratar!

Pouca lubrificação vaginal é uma questão mais recorrente do que pensamos. Aliás, as causas não são apenas fisiológicas, viu? Há uma série de possíveis motivos.

Mas, antes de começar o assunto, precisamos entender mais sobre a lubrificação – que nada mais é do que um fenômeno fisiológico natural que acontece no corpo feminino. Trata-se de um fluido transparente ou esbranquiçado com uma textura aquosa ou um aspecto viscoso, dependendo do ciclo menstrual e da excitação sexual que cada relação. A quantidade também depende desses fatores.

A ginecologista e consultora do Tarja Rosa, Thalita Domenich, contou pra gente que a lubrificação vaginal não segue um padrão, já que estas acontecem de maneiras diferentes em cada pessoa: “A lubrificação esperada é aquela em que se sente uma secreção na região e que permite uma relação sexual sem dor ou incômodos”. 

O que pode causar pouca lubrificação vaginal?
Doenças infecciosas na região genital, como as vulvovaginites, situações de estresse, ansiedade e até mesmo pouco relaxamento nas preliminares são algumas das causas. Níveis do hormônio estrogênio, anticoncepcionais, menopausa, períodos de puerpério e amamentação são outros fatores que também podem interferir na lubrificação.

Para perceber se está com pouca lubrificação, basta reparar se sente dor ou incômodo no momento da penetração. É o seu caso? Se a resposta for sim, converse com o seu ginecologista para entender melhor o que está acontecendo.

“Em geral, relaxar, caprichar nas preliminares e usar lubrificantes durante a relação pode ajudar”, aconselha Thalita. 

Ah, vale lembrar que ressecamento vaginal e pouca lubrificação não são a mesma coisa, tá? “São condições diferentes. Por exemplo: mulheres em pós-parto ou na menopausa podem apresentar ressecamento vaginal e ainda assim terem lubrificação no sexo. Isso porque o ressecamento acontece na mucosa da vagina, não interferindo nos estímulos da lubrificação”, explica Thalita. 

Acompanhe a gente 😉

Veja mais do Tarja 📷

Relacionados