Emendar cartela de anticoncepcional faz mal à saúde?

No texto de hoje o Tarja Rosa te explica o que acontece quando você emenda uma cartela de contraceptivo na outra: existe efeito colateral? A eficácia do anticoncepcional é alterada? Entenda essas questões e outras mais!

Muitas garotas desejam emendar a cartela de anticoncepcional para não menstruar na pausa – seja por alguma viagem ou um compromisso em que deseja não estar menstruada. Mas, você entende como essa prática funciona? Hoje conversamos com Thalita Domenich, ginecologista e consultora do Tarja Rosa, para esclarecer todas as dúvidas que giram em torno desse assunto.

Geralmente, os contraceptivos possuem uma pausa entre um mês e outro onde a garota menstrua. Algumas mulheres, no entanto, optam por iniciar uma cartela logo após a outra, sem fazer um intervalo entre as duas e, consequentemente, não menstruando. Isso não faz mal à saúde, mas pode aumentar os escapes ou até mesmo confundir a garota gerando uma “incerteza” sobre estar grávida ou não.

Existe algum efeito colateral?

Vamos começar explicando que a prática não possui um efeito colateral específico: “Não faz mal a saúde, pois o sangramento da pausa da pílula não é uma verdadeira menstruação, mas sim um sangramento por privação hormonal já que paramos de ofertar o hormônio da pílula durante a pausa”, explica Thalita.

Nossa consultora ainda esclarece: “Não há efeitos colaterais. O que pode acontecer é que após algum tempo emendando cartelas, a menina eventualmente pode apresentar sangramento de escape”.

E isso altera a eficácia do anticoncepcional?

Não, emendar uma cartela à outra não altera a eficácia do contraceptivo, mas Thalita alerta que é sempre necessário consultar seu médico. “Caso você queira emendar cartelas, converse que com seu ginecologista para que ele análise o seu caso específico e o anticoncepcional escolhido. Existem pílulas com indicação em bula que permitem a pausa entre 25 e 120 dias de tomada para estender a menstruação e elas devem ser prescritas pelo médico”.

Consulte sempre um médico para melhor orientação

Adolescentes que estão iniciando o uso da pílula podem se confundir ao emendar a cartela e até diminuir a sensação de “proteção” que o contraceptivo traz. “O regime cíclico do anticoncepcional, onde a paciente sangra todos os meses, é de mais fácil entendimento já que a garota consegue visualizar o sangramento mensalmente e não sentir medo de estar grávida. Muitas garotas precisam dessa confirmação visual para se sentirem protegidas”, explica Thalita.

Vale lembrar também que o preservativo é indispensável em toda relação sexual para, além de evitar a gravidez, impedir a propagação de doenças e infecções sexualmente transmissíveis.

Acompanhe a gente 😉

Veja mais do Tarja 📷

Relacionados